Ortodontia

A Ortodontia cuida da prevenção, interceptação e correção dos desvios de normalidade do desenvolvimento das dentições decídua (de leite), mista e permanente, bem como das alterações do crescimento da face, promovendo a harmonia dental e facial.

A causa desses problemas podem ser hereditárias (dentes tortos causados por falta de espaço em maxilares pequenos e dentes separados por excesso de espaço em maxilares grandes, desarmonias ósseas entre o maxilar superior e inferior, etc.) ou adquiridas (devido à respiração bucal, chupar dedo, perda precoce de dentes de leite ou permanentes, posicionamento incorreto da língua, etc.)

O mal posicionamento dental e dos maxilares, além dos problemas estéticos para o sorriso e para a face, também podem causar distúrbios na ATM (articulação que abre e fecha a boca), provocando dores na face, cabeça, pescoço e ombros.

O tratamento ortodôntico pode ser realizado em pessoas de qualquer idade, trazendo benefícios para a estética do sorriso e da face; para a função da mastigação e da fala; para facilitar a correta escovação, prevenindo o aparecimento de cáries e doenças gengivais; para a recuperação de espaços perdidos por extrações ou ausências de um ou mais dentes, tornando possível a colocação de próteses e/ou implantes, etc.

Quando os problemas ortodônticos são detectados e tratados precocemente, na infância, os benefícios serão ainda maiores, porque será possível fazer com que as alterações iniciais do crescimento e desenvolvimento dos maxilares, da face e dos dentes sejam interceptadas e corrigidas antes que tomem maiores proporções, obtendo-se, assim, melhores resultados funcionais e estéticos para os dentes, face e sorriso e, ao mesmo tempo, evitando-se tratamentos mais longos e complexos.